Notícias

Policiais militares reanimam mulher e evitam suicídio em Ipameri

Uma ação da Polícia Militar (PM) de Ipameri impediu que uma mulher concretizasse o suicídio no município, na noite desta sexta-feira (04). Segundo os policiais, uma mulher ligou para a amiga e disse estar com uma corda no pescoço para se suicidar. Diante da informação a amiga ligou para a Polícia pedindo ajuda, momento que os militares foram até a casa da vítima e já a encontraram inconsciente e com a corda no pescoço.

De acordo com a PM, quando recebeu a ligação a equipe já iniciou as diligencias tentando encontrar o local, já que havia apenas referências do endereço. Uma testemunha disse aos policiais que ao lado de sua residência havia se mudado uma mulher a pouco tempo, e que a mesma morava com um filho adolescente e que não tinha visto ela naquele dia.

A equipe deduziu que fosse naquela residência e chamou a vítima pelo nome, porém não houve resposta o que aumentou a suspeição, ao tentar entrar, os policiais notaram que o portão estava trancado e decidiram entrar pela casa do vizinho, onde conseguiram visualizar a vítima já dependurada na área de serviço de sua residência.

Os policiais pularam o muro e cortaram a corda, que estava envolvida em seu pescoço, impedindo sua respiração, sendo que ela já estava inconsciente e apresentando “roxidão” em sua face, que após cortar a corda, enquanto uma parte da equipe tentava reanima-la, um integrante acionou o SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) após um breve período de reanimação ela voltou a respirar, recuperando a consciência.

Quando o SAMU compareceu no local do fato a vítima já havia se reestabelecida, porém a equipe encaminhou a vítima para o Pronto Socorro Municipal para ser melhor avaliada, devido ela estar exaltada e abalada psicologicamente, chorando muito e se queixando de dores no pescoço.

Participaram da ação o 3° Sgt Marcelo, 3° Sgt Salvador e o Soldado Pires. A Companhia Independente de Polícia Militar de Ipameri é comandada pelo Major Kelver Alcântara.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo